Arquivar setembro 27, 2016

HOTSITE PARA EVENTOS

Saiba como aumente a visibilidade do seu evento através de um hotsite exclusivo.

Por que usar a Start-It para criar hotsites?

Você fica focado no seu Job e nós cuidamos de tudo para você, enviamos as lista de confirmações, atualizamos informações, cuidamos de servidores, domínios, atualização, e-mail, etc

Não precisa se preocupar com nada, cuidamos de tudo para você.

Suporte 24 x 7, caso seja necessário, via Whatsapp e celular.

100% RESPONSIVAS, páginas que se adapta a qualquer modelo de aparelho celular ou tablet, proporcionando uma experiência de navegação e compra de ingressos excelente em qualquer dispositivo! Com a interface mais simples, direta e ajustável a todo tipo de aparelho.

Nossos clientes são os mais premiados nos Prêmio Caio, e topo na busca orgânica do Google.

VISIBILIDADE

Após a publicação do seu evento é possível aprimorar a divulgação de forma rápida e eficiente.

Ao criar um evento, é gerado um link de acesso direto para o seu hotsite. Divulgue-o em redes sociais como Facebook, Twitter e Google+ e aumente sua visibilidade. Além disso, é possível direcionar o hotsite para venda de ingressos diretamente da página do Facebook ou do seu próprio site.

Gaste menos com ligações telefônicas

Com um hotsite você pode responder as duvidas via chat, e-mail ou formulário de duvidas. Todas as informações ficam registradas e você pode consultar a hora que quiser.

Você pode diminuir o pessoal de RSVP e aumentar a credibilidade das informações.

Nós chame no chat abaixo ou ligue: (011) 2626-3906 ou (021) 3005-9238

A importância de ter um site de qualidade

O mundo está mudando e você precisa se atualizar com ele. Antes, apenas ter um cartão de visita bastava. Hoje, empresa que só tem cartão de visita como forma de propaganda está ultrapassada e não alcança nem 10% do público que poderia alcançar se estivesse online. Afinal, não possuir endereço na web é como não existir para muitos clientes.

Tanto que o valor gasto com internet e criação de sites, hoje, não é mais considerado um custo no orçamento das empresas, mas um investimento. A internet possibilita que sua empresa seja vista no mundo inteiro – e permite que você faça negócios com pessoas que moram muito distantes da sua sede.

O site se tornou o cartão de visitas moderno. Por isso, mais importante ainda é que ele seja bonito e funcional, ou seja, fácil de mexer e útil para quem acessar; Também é interessante que seu site contenha formulário de contato, telefones visíveis, lista de seus produtos detalhada, fotos bonitas e que utilize recursos modernos para chamar a atenção de seu cliente e causar uma boa primeira impressão.

POR QUE INVESTIR EM UM WEB SITE DE QUALIDADE? 

Investir em um Web Site de qualidade significa, acima de tudo, valorizar a marca, produto ou serviço de uma empresa, acreditando na comunicação com o público-alvo. Além disso, como mencionado anteriormente, o Web Site tem o poder de trazer maior visibilidade e pode ser uma verdadeira porta de entrada para a expansão globalizada de uma empresa, considerando as possibilidades de acesso em outros países e uma consequente captação digital de novos clientes.

UM SITE BEM ELABORADO

A elaboração de um site é um processo que exige criatividade, conhecimento e domínio dos principais códigos existentes para a construção de páginas totalmente responsivas. Um site bem elaborado acompanha as últimas tecnologias de linguagens de programação e propicia ao internauta uma excelente experiência de acesso, tanto no aspecto funcional quanto visual.

Ao contratar uma agência especializada na construção de sites é possível garantir um trabalho altamente profissional e evitar futuros problemas relacionados a banco de dados e outras tecnologias que sustentam as páginas da Web.

PENSE NO SEU PÚBLICO-ALVO

É fundamental que você goste do layout de seu site, porém, acima de tudo, você precisa pensar no seu público-alvo, ou seja, seu cliente. É através do site que você consegue se relacionar diretamente com ele. Um site fácil de mexer, organizado e com informações claras e objetivas, é mais agradável, não confunde o cliente e o deixa satisfeito com a sua marca.

Então, para que seu site gere um resultado satisfatório em seus negócios, na hora de pensar no layout e nas informações que serão dispostas nele, coloque-se sempre no lugar de seus clientes.

DOMÍNIO PRÓPRIO FORTALECE SUA MARCA

Nós cuidamos do registro do seu domínio (www.empresa.com.br), além de criamos e-mails profissionais para sua empresa (voce@empresa.com.br). Isso traz credibilidade à sua marca, sendo fundamental para empresas que visam crescimento em curto espaço de tempo.

OTIMIZAÇÃO (SEO)

O Google é, atualmente, o mecanismo de busca mais utilizado do mundo. Estima-se que 90% dos internautas o utilizam diariamente, com o intuito de conseguir uma informação precisa em curto período de tempo. O Search Engine Optimization (SEO), conhecido no Brasil como Otimização de Sites é uma ferramenta essencial para quem deseja tornar o site facilmente encontrável pelos mecanismos de buscas.

a-importancia-de-um-site-otimizado-para-os-negocios-seo-master-685x250

Desta forma, quando o internauta pesquisa por determinada informação, produto ou serviço relacionado ao segmento do site, o endereço aparece automaticamente nas primeiras posições do Google, aumentando as possibilidades de acesso e sucesso da página.

CONTEÚDO DE QUALIDADE

Conteúdo pobre ou mal escrito prejudica bastante a imagem de sua marca. Está sem tempo ou inspiração para escrever os textos de seu site?

Solicite um orçamento, nossa equipe estará sempre pronta para atendê-lo, nossos clientes são os primeiros na busca orgânica do Google.

São Paulo: (11) 2626-3906
Rio de Janeiro: (21) 3005-9238

Pesquisa apontou que a segurança de dados é a principal preocupação

Um estudo da IBM publicado recentemente revelou que, em 2015, os gastos médios das empresas brasileiras com violações de dados ultrapassaram 4 milhões de reais.
Outra pesquisa, esta realizada pela Extreme Network em nível global, mostra que ao longo de 2016 a segurança de dados é a principal preocupação dos executivos de TI em todo o mundo.
Conforme a tecnologia avança e se torna mais acessível, aumentam as ameaças à segurança da informação das empresas, o que está bem claro nestes dois estudos mencionados.
Diante disso, a pergunta que fica é: como otimizar a segurança de dados sem fazer com que as operações da empresa não deixem de aproveitar os avanços tecnológicos?

1. Crie a cultura da segurança de dados

Para começar, é importante conscientizar todos os colaboradores da sua empresa sobre o assunto segurança de dados — cerca de 30% das violações, de acordo com o estudo da IBM, são causadas por negligência dos próprios usuários.
Documente normas e recomendações, considerando todas as possíveis ameaças e também os riscos relacionados ao dia a dia corporativo.
Explique os benefícios da política, “traduza” os termos técnicos, enfim, traga todos para o objetivo maior: a segurança da informação e do negócio como um todo.
Estes usuários tendem a disseminar a ideia entre seus colegas de modo que, quando as normas entrarem em vigor, elas não serão uma imposição — para tal, escolha usuários que exerçam uma liderança natural entre seus colegas.

2. Invista em ferramentas e boas práticas de segurança da informação

Hoje, com a computação em nuvem, é possível adquirir softwares, ferramentas de antivírus, backup e outros de forma virtualizada, o que diminui muito os custos e não exige longos períodos de implementação.
Da mesma forma, metodologias e boas práticas também devem fazer parte do dia a dia do departamento de TI.

3. Armazene dados na nuvem

Isso porque os provedores de serviços de nuvem estão sempre atualizados com o que há de mais moderno em ferramentas, práticas e também mantêm em seus quadros os melhores profissionais — o que custa muito dinheiro para manter internamente.
Como existem nuvens públicas, privadas e híbridas, é preciso verificar qual dos três modelos é ideal para o seu negócio.
No modelo público, a empresa divide com outras empresas um datacenter (cada qual com seus níveis de acesso separados), a privada é exclusiva e a híbrida é uma mescla dos dois modelos.
Normalmente, os bons provedores de cloud garantem uma disponibilidade acima de 99%, — afinal, a segurança é um valor muito importante neste negócio.

4. Invista em criptografia para garantir a inviolabilidade dos arquivos

Toda empresa possui arquivos considerados sensíveis (relatórios gerenciais, planejamentos, planilhas financeiras e segredos industriais, por exemplo).
Uma boa escolha é protegê-los com sistemas de criptografia — codificação dos dados de modo que só possam ser lidos pelas pessoas autorizadas.
Com isso, dados que circulam em e-mail ou que estejam arquivados em dispositivos móveis que podem ser roubados ou perdidos não correm o risco de serem descobertos por fraudadores.

5. Firme contratos de sigilo com colaboradores e fornecedores

Outra excelente forma de garantir a segurança de dados corporativos é inserindo termos de confidencialidade em contratos com colaboradores e fornecedores.
Esta prevenção judicial pode inibir práticas de risco, fraudes e até ajudar a conscientizar as pessoas da importância de manter as informações seguras.

6. Reforce o controle de acesso aos sistemas corporativos

Também é importante fazer melhorias nos controles de acesso aos sistemas utilizados na empresa — especialmente quando há acesso remoto por meio de soluções SaaS, por exemplo.
É importante ter total controle de quem são as pessoas autorizadas a acessar e operar os diversos sistemas, com níveis de acesso bem definidos, senhas fortes e rastreamento das atividades.

7. Adote redes privadas virtuais (VPN) e controle os dispositivos utilizados

Trend Micro, uma das maiores empresas do ramo da segurança da informação no mundo, publicou um relatório no qual afirma que 2016 deve finalizar como um ano de grandes desafios para a segurança de dados corporativos.

Nas palavras da companhia, este “será o ano da extorsão online”, especialmente no que diz respeito ao crescimento de ameaças a dispositivos móveis (tablets, smartphones, etc.).
Como, cada vez mais, as pessoas estão utilizando seus próprios dispositivos no ambiente de trabalho, ter o controle e exigir autenticação é cada vez mais fundamental.
Inúmeros especialistas recomendam, inclusive, que os dispositivos dos colaboradores sejam isolados em uma rede única, pois assim fica ainda mais fácil de monitorar e identificar problemas.
Como vimos, a segurança de dados depende de uma série de fatores, que vai desde a educação dos usuários até investimentos em ferramentas e práticas.
O que não é mais possível é acreditar que as informações corporativas não correm riscos e que não é preciso fazer um trabalho estratégico de prevenção e antecipação aos problemas.

Sefaz-SP anuncia o fim dos emissores gratuitos Nota Fiscal

Sefaz-SP anuncia o fim dos emissores gratuitos de NF-e e CT-e, fornecido pela Secretaria da Fazenda de São Paulo para contribuintes.
Segundo a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (SEFAZ-SP), responsável pelo desenvolvimento e suporte do Programa Emissor Gratuito de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CTe) e também responsável pelo Programa Emissor Gratuito de Nota Fiscal Eletrônica (NFe), em âmbito nacional, estes programas serão descontinuados em 01/01/2017.

E agora?

Com o fim dos emissores grátis de CTe e NFe fornecidos pelo governo, as empresas que ainda estão se utilizando deles para emitir suas Notas Fiscais Eletrônicas (NFe), Conhecimentos de Transporte Eletrônicos (CTe), Manifestos Eletrônicos de Documentos Fiscais (MDFe) e Cartas de Correção Eletrônica (CC-e), terão de buscar no mercado um novo sistema para atender a sua necessidade.

Uma vantagem da utilização de outro Sistema para Emissão de CT-e, MDF-e, CC-e e MDF-e é que os sistemas comerciais costumam ir além da simples emissão dos documentos fiscais e incorporam funções de controle e gestão, afim de auxiliar o empresário no dia-a-dia, evitando erros, agilizando a emissão e as operações e dando maior visão sobre seus resultados.

Outro ponto importante a ser destacado no caso das soluções comerciais para emissão de CTe, MDFe e NFe como o Emissor NFe NI Fiscal é que estas oferecem Suporte Técnico tanto na implantação como no dia-a-dia dos seus clientes.

Prepare-se para o fim do Emissor Gratuito de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CTe) e Nota Fiscal Eletrônica (NFe) da SEFAZ em 01/01/2017.
Entre em contato para maiores informações:

(11) 2626-3906 São Paulo
(21) 3005-9238 Rio de Janeiro

Fonte: SEFAZ-SP Notícias

Pesquisar é a maior atividade online

+400 Milhões por Dia 5 Mil a cada Segundo! Os Usuários passam  5% do tempo em pesquisa

Mais de 70% dos consumidores compraram produtos na Internet em 2015. O número de compradores online de eletrônicos e linha branca (geladeira, fogão e ar condicionado) aumentou de 65,6% em 2014 para 71,9% em 2015. As lojas que mais se destacaram foram Americanas, Casas Bahia, Submarino, Extra, Magazine Luiza e Walmart. O “showrooming” foi uma das principais tendências dos consumidores: 75,2% deles afirmaram que conferiam as informações nas lojas físicas e compravam com preço melhor online. O uso do e-mail marketing contribuiu para o crescimento do e-commerce, 62% disseram que recebiam os e-mails, 81% confirmaram terem recebido as mensagens promocionais dentro das lojas e 65% compraram por meio dessas promoções. A líder em “Força de Marca” (com menos rejeição) foi as Lojas Americanas com 12, 9%, seguida de Casas Bahia (8,4%), Magazine Luiza (5,7%) e Extra (4,1%) e Walmart (3%. Lojas de expressão menor destacaram-se no índice “Valor Percebido” (custo-benefício percebido): a Lojas Cem liderou, com nota 1,053, seguida por Lojas Havan (1,050), Eletro Shopping (1,034), Walmart (1,025) e Bemol (1,024). Os consumidores consideraram que Lojas Americanas, Walmart, Lojas Cem e Ricardo Eletro apresentaram os melhores preços – todas receberam nota 8,1. (TIInsideOnline, dados de pesquisa da CVA Solution sobre o varejo eletrônico no Brasil com 7.359 pessoas, acesso em 20.1.2016)

Brasileiro passa em média 5,3 horas por dia no computador pessoal, diz pesquisa. Pesquisa realizada em junho de 2015 com mil internautas de todas as regiões do país e maiores de 18 anos mostrou que os brasileiros passavam em média 5,3 horas na frente do computador pessoal todos os dias. As famílias tinham em média 1,9 computador, compartilhado na maior parte das vezes por 2 pessoas. 56% citaram o notebook como o principal computador pessoal do domicílio, à frente de desktops (31% dos respondentes). Tablets ficaram em terceiro, com 7% do total das respostas, seguidos pelos notebooks 2 em 1 (2%), all-in-ones (2%) e outros dispositivos (3%). O computador ainda foi o dispositivo preferido para uso doméstico, como assistir a filmes (85%), navegar na internet (74%) e acessar e-mails (73%). A única das atividades na qual os consumidores preferiram o tablet ao computador foi a comunicação com amigos e familiares, em que 51% dos usuários afirmaram que o tablet foi a primeira opção. 3% afirmaram utilizar os dispositivos para games.
46% dos entrevistados tinham planos de comprar novo computador nos próximos seis meses. 34% afirmaram que seu principal computador doméstico estava em uso há mais de dois anos. Na hora da compra de um novo computador, 57% dos entrevistados afirmaram que buscavam em primeiro lugar um bom processador, seguido pela marca (22%) e memória RAM (8%). 33% afirmaram que preferiram lojas online para efetuar a compra, contra 19% de lojas físicas. Pouco mais de um quarto (29%) levou em consideração opiniões e avaliações online. 80% dos consumidores afirmaram que os smartphones seriam o principal ponto de acesso à internet nos próximos dez anos. (CanalTech, dados da Dell, em parceria com Ibope Conecta, acesso em 26.7.2015)

“Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças.”
Charles Darwin

Entre em contato: 11 26263906 / 21 3005-9238