Arquivar dezembro 27, 2017

Calendário de Marketing e Social Media 2018!

Calendário de marketing 2018. Não perca um único post na sua estratégia!

Preparamos um calendário de marketing digital para 2018 completamente feito à sua medida. Porquê usá-lo? Porque é cool, porque é útil, porque se integra com o seu Outlook e porque foi feito pelos maiores especialistas em marketing para agencias de viagens e eventos deste planeta (e de todos os outros planetas onde possa existir vida)!

Quanto custa este calendário?

Zero. Nicles. Nadinha. Rien. É tão gratuito como respirar.

E isto tem tudo o que preciso?

Tem tudo o que precisa e mais ainda!

Até o dia mundial do Chocolate com Menta nós incluímos aqui.

Pronto! Eu quero! Como que eu baixo isso?!?

Deixe seu nome e-mail para receber o link com o arquivo completo!

Tradição natalina de enviar cartões

O natal está chegando e esta é uma época para cultivar alegria e a amizade com familiares e amigos. Por isso não podemos nos esquecer da tradição que continua viva de enviar cartões natalinos.

Enviar um cartão é uma forma de dizer carinhosamente que lembramos de uma pessoa especial em datas comemorativas.

Quem inventou o cartão de Natal?

O cartão de Natal foi inventado em 1843 por Sir Henry Cole, que foi diretor do British Museum of London. Percebendo que não teria tempo de escrever mensagens de Natal à mão para todos os seus conhecidos, pediu ajuda ao artista plástico John Callicot Horsley. Ele dividiu um cartão em três partes e, no centro, desenhou uma família reunida e crianças pobres ganhando roupas e comida. Foram impressas 100 cópias em litografia, e, então, o artista coloriu uma a uma à mão. Cole enviou uma parte pelo correio e vendeu os cartões que sobraram.

Ao longo dos tempos os cartões foram se modernizado, foram diversas modernizações como:
Faca especial, 3D, verniz especial, artesanais e online.

 

 

O mais importante em cada cartão de natal é a energia boa depositada nele, os votos e a sinceridade.

Você já enviou o seu cartão de natal este ano?

6 técnicas para alavancar novos clientes para o seu negócio

Nos últimos anos, devido ao momento econômico, o mercado brasileiro passou por um forte desaquecimento, fator que levou muitas empresas a enfrentar constantes oscilações na demanda e perda de clientes.

Esse cenário fez com que os empreendedores buscassem novas formas de adequar o negócio ao mercado, desenvolvendo novas técnicas de venda que auxiliassem no crescimento da empresa e na captação de novos clientes.

Você está em busca de dicas práticas para ganhar espaço no mercado e alavancar de vez o seu negócio? Então confira a seguir 6 técnicas para alavancar novos clientes para o seu negócio!

1. Conheça o mercado

O primeiro passo para que os empreendedores consigam conquistar novos clientes e aumentar as vendas é conhecer o mercado no qual a empresa está inserida. Somente assim é possível entender quem são os potenciais clientes e o que eles buscam.

Isso não é algo simples: é necessário que os empresários realizem pesquisas de mercado e busquem questionar os clientes atuais. Dessa forma, consegue-se entender melhor qual é o perfil dos compradores, podendo oferecer a eles produtos e serviços que sejam condizentes com o que desejam e necessitam.

2. Encontre os leads certos

Quando os empreendedores entendem o perfil dos clientes e sabem o que eles querem comprar, é possível encontrar os leads certos. Portanto, é fundamental criar conteúdos e estratégias que foquem exatamente no perfil de consumidor buscado pela empresa.

Ir atrás de pessoas que já possuem uma inclinação para adquirir um serviço que você oferece e qualificá-las corretamente, fornecendo o que for preciso em cada etapa da jornada para que elas se tornem clientes de fato, facilita a conclusão das venda e favorece o aumento dos lucros do negócio.

3. Atenda o cliente de forma diferenciada

Conhecendo o mercado no qual o negócio está inserido e entendendo o que os clientes buscam, é possível atendê-los de forma personalizada, buscando suprir todas as suas necessidades.

Lembre-se que o atendimento é um dos fatores mais importantes para encantar pessoas e aumentar as conversões. Hoje, o consumidor busca uma experiência de compra diferenciada, desde a fase de consideração até o pós-venda. Portanto, não deixe de pensar em estratégias eficazes para mostrar o diferencial do seu negócio.

4. Estude seus produtos

Os empreendedores precisam ter em mente que não basta somente entender o que as pessoas buscam e desejam: é fundamental conhecer todos os produtos e serviços oferecidos, bem como suas particularidades e funcionalidades.

Dessa forma, o negócio consegue demonstrar ao consumidor que entende do assunto e passar maior segurança aos potenciais clientes. Essa credibilidade ajuda a conquistá-los, induzindo os leads a fechar negócio com a empresa — afinal, eles vão querer comprar de quem entende do assunto.

5. Mantenha um bom estoque

Essa técnica de venda é muito importante, mas carece de cuidados especiais. Estoque elevado pode ser prejudicial para empresa, pois reduz o fluxo de caixa do negócio; por outro lado, manter a quantidade mínima estocada pode interferir em futuras vendas. Por isso, é preciso que os empreendedores entendam a demanda e estejam sempre preparados.

Manter todos os produtos disponíveis para os clientes é essencial para o sucesso do negócio, pois caso eles não encontrem na empresa, possivelmente buscarão na concorrência. Os empreendedores devem utilizar a pesquisa de mercado para determinar a quantidade certa de itens que devem ser estocados, garantindo que todos os clientes tenham sempre produtos disponíveis para compra.

6. Mantenha o relacionamento com os clientes

Como já citamos ali em cima, não poderíamos deixar de ressaltar uma das técnicas de vendas mais importantes: o pós-venda. Manter o relacionamento com os clientes é essencial no processo de fidelização.

É muito aconselhado que as empresas enviem e-mails para os clientes, procurem saber o que acharam dos serviços ou produtos e continuem nutrindo as pessoas com conteúdos, de forma que queiram comprar novamente.

Os empreendedores devem sempre proporcionar uma ótima experiência aos clientes, suprir suas expectativas, mantê-los sempre informados sobre as novidades e responder todos os questionamentos que possam surgir.

Agora que você já conhece 6 técnicas de vendas para alavancar de vez seu negócio, entenda o que é smarketing e conquiste de vez os clientes!

Smarketing: O que é? e qual é seu benefício?

A conversão de leads em clientes e o lucro de uma empresa estão diretamente relacionados com o trabalho desenvolvido pelas equipes de vendas e de marketing. Já imaginou, então, as vantagens de unir essas duas equipes? Essa técnica é conhecida como Smarketing!

Esse nome, um pouco diferente, vem da junção de duas palavras: sales, que significa “vendas” em inglês, e marketing. A estratégia de Smarketing é basicamente unir as habilidades e os esforços das duas equipes para gerar mais lucratividade por meio da conquista de novos clientes.

Ficou na dúvida sobre como funciona essa união? Pois é sobre isso que falaremos a seguir!

Por que investir em Smarketing

Se você parar para pensar, verá que os trabalhos realizados pelos dois setores são, de fato, bastante complementares e interdependentes. Enquanto o marketing tem como foco gerar demanda para os serviços e produtos que você oferece, o setor comercial busca concretizar essas vendas por meio do contato direto com os clientes.

Então, nada melhor do que fazer com que essas duas equipes trabalhem de maneira integrada, não é mesmo? Mas, se você ainda tem dúvidas sobre se essa união vale a pena, nós vamos tirá-las agora! Veja os benefícios do Smarketing:

Aumenta a taxa de conversão

Construindo uma harmonia entre as equipes, o sucesso das estratégias tomadas aumenta. Ou seja, o percentual de vendas concluídas entre todas as oportunidades cresce. Essa é a taxa de conversão.

Desse modo, aplicar e utilizar o Smarketing pode aumentar a taxa de conversão das estratégias tomadas por ambas as equipes de forma significativa.

Facilita o processo de venda

Além de aumentar a conversão, o alinhamento trazido pelo Smarketing é capaz de facilitar as vendas. Pensando na empresa, em geral, o objetivo das equipes é aumentar o faturamento. Então, criar ações que aumentem as vendas é uma iniciativa que representa benefícios para todos.

Nesse sentido, o Smarketing auxilia o setor de marketing a criar campanhas mais assertivas, que apresentam melhores resultados. Para o setor de vendas, se os leads chegam mais qualificados, a decisão de compra já está mais fundamentada, facilitando todo o processo.

Gera harmonia entre as duas equipes

Trabalhando em sinergia, as duas equipes manterão um diálogo constante, o que evita certos conflitos. Isso reflete na sua empresa e também na impressão do cliente, que sentirá uma equipe mais integrada.

Otimiza as estratégias

Com as duas equipes atuando juntas para atingir um mesmo objetivo, as chances de surgirem ideias inovadoras e estratégias otimizadas também aumenta. Tudo isso ocorre por causa da convergência entre as tarefas das áreas.

Reduz os custos

Outra vantagem em aplicar o Smarketing é que essa estratégia pode reduzir os custos com as campanhas geradas. Como as equipes trabalharão em conjunto, com metas e objetivos em comum e com uma boa e constante comunicação, as ações tomadas serão singulares.

Adicionalmente, todo o trabalho realizado terá como foco a obtenção de maior lucro e todas as atividades que não tenham esse propósito estarão descartadas. Dessa forma, pode-se otimizar o orçamento das campanhas.

Como funciona o Smarketing

É claro que você não pode, de cara, unir os dois setores da sua empresa e achar que já vai ter um resultado imediato. Essa integração tem que ser bem planejada, inclusive, com treinamento das duas equipes — até porque conflitos entre as duas não são tão raros assim.

Então, o primeiro passo é esclarecer bem as funções de cada um e também reforçar que todos trabalham por um mesmo objetivo: gerar lucro. Portanto, eles trabalharão com metas conjuntas.

Para que tudo funcione bem, veja algumas dicas:

Promova o diálogo entre as equipes

As duas equipes devem conversar frequentemente e ficar por dentro do trabalho uma da outra. Inclusive, a equipe de marketing pode nutrir o trabalho do time de vendas e vice-versa.

Por exemplo: a equipe de marketing organiza uma campanha ou promoção para chamar a atenção de novos clientes. O resultado será muito melhor se o setor de vendas for informado e estiver em sintonia com as ações. Imagine que frustração se ele não souber explicar sobre a campanha ou promoção?

Defina metas em comum

Uma boa forma de alinhar as equipes e fazê-las trabalhar juntas é criando metas compartilhadas.

Um bom exemplo de meta que pode ser compartilhada é a conversão de leads em clientes. Separadamente, é função do setor de marketing gerar as oportunidades, mostrando o problema para o consumidor, fazendo-o procurar por uma solução e criando um canal onde ele possa obter todas as informações necessárias até a tomada da decisão de compra.

Já o setor de vendas deve receber esses leads e convertê-los em clientes. Mas, se os dois setores trabalham de forma separada, as oportunidades podem não ser criadas e os leads podem chegar com pouca informação ou ainda sem a decisão de compra tomada. Consequentemente, a equipe de vendas terá seu desempenho comprometido.

O inverso também pode ocorrer. Assim, o setor de vendas pode não conseguir converter as oportunidades geradas pelo marketing por falta de conhecimento das necessidades dos leads.

Então, alinhando e criando metas em comum, será do interesse de todos que as conversões se façam da melhor forma possível, otimizando os resultados.

Defina SLAs

SLA — Service Level Agreement — é um acordo escrito, no qual cada parte se compromete a tomar determinadas ações. Funciona como um contrato, em que as equipes se responsabilizam por cada atividade em um plano de ação, inclusive com prazos definidos.

Dessa forma, todo o trabalho fica mais alinhado e as responsabilidades são compartilhadas.

Defina buyer personas

Definir as personas do seu negócio é um processo que gera maior assertividade às estratégias, melhorando os números de toda a empresa. Porém, essa atividade não deve ficar restrita à equipe de marketing.

Nesse sentido, o setor de vendas possui o contato direto com os leads. Ou seja, tem informações preciosas que podem e devem ser utilizadas para formatar as campanhas.

Portanto, mantenha o foco no usuário e una as equipes para definir as buyer personas e otimize as estratégias.

Realize encontros periódicos

Para que o diálogo entre as duas equipes flua da melhor maneira, o ideal é promover reuniões periódicas para trocas de experiências. Sobretudo, por meio desses encontros uma equipe pode ajudar a outra com sugestões, mostrando o que funciona e o que não tem dado muito certo.

Não tenha dúvidas: aproveitar o conhecimento dos dois times só trará benefícios para sua empresa. Encontros mensais podem ser um bom começo!

Reúna os dados

Dados dispersos só atrapalham as ações da empresa. Por outro lado, olhar para os dados de vendas e marketing de maneira conjunta permitirá que você mensure melhor os resultados e pense em novas estratégias para melhorá-los ainda mais.

É importante também que as duas equipes tenham acesso a essas informações conjuntas para melhor embasarem e discutirem suas atuações.

Otimize suas ações e melhore os números com o Smarketing

No nosso artigo, vimos que aplicar o Smarketing pode alavancar a lucratividade da empresa, pois com os dois setores trabalhando juntos, o foco será aumentar as vendas.

Tendo isso em mente, siga todas as dicas que selecionamos e aplique no seu negócio.

Ficou alguma dúvida em como aplicar o Smarketing? Já teve uma experiência com essa estratégia? Então conte-nos, deixando aqui seu comentário para participar dessa discussão!