Cidade do Google? Alphabet quer construir uma cidade do zero com base na internet.

Em seu primeiro ano de existência, a Sidewalk Labs, empresa de inovação urbana da Alphabet, também dona do Google, tem trabalhado em produtos para melhorar o acesso Wi-Fi e os fluxos de tráfego nas cidades. Mas há sinais de que a companhia esteja interessada na construção de uma cidade.

O CEO da Sidewalk Labs, Dan Doctoroff, deu a entender, durante uma conferência, que a empresa esteja avaliando a possibilidade de construir uma cidade a partir do zero, após ser questionado sobre a contratação de consultores para trabalharem nesse projeto. “Seria uma grande ideia”, disse ele em resposta, embora salientando: “eu não posso te dizer nada”.

cidade_google

Uma metrópole baseada na internet permitiria repensar o governo, políticas sociais e gestão urbana. Assim, a empresa teria um local para testar melhor suas iniciativas, para lança-las mais rápido no mercado. “Cidades existentes são difíceis. Você tem pessoas com interesses próprios, política, espaço física. Mas a tecnologia, em última análise, não pode ser interrompida”, explica Doctoroff.

O Google tem trabalhado, desde 2014, com a ideia de melhorar a forma como as cidades funcionam, o que mostra, junto com o lançamento da Sidewalk Labs no ano passado, que a companhia está focada em ramificar-se para quase todos os mercados possíveis.

Via 9to5Google

Suporte principal do Windows 7 chega ao fim

Como já aconteceu com o Windows XP, Vista e outros o Windows 7 também esta dando entrada na sua aposentadoria.
windows7

O Windows 7 vem aguentando firme em todos esses anos, mantendo-se o sistema operacional mais utilizado da Microsoft. Mas, lentamente, vemos mais e mais sinais de que está chegando a hora de “aposentar” o sistema – o fim das vendas da plataforma para outras empresas e o fato de que o Windows 7 não terá suporte ao DirectX 12, por exemplo, são boas provas.
Então, chegou o dia que nós sabíamos que estava para chegar, e que tanto temíamos: a partir de hoje, encerra-se o suporte principal do Windows 7 pela Microsoft. Antes que você entre em pânico, porém, lembramos que esse é apenas o fim do suporte base, que inclui mudanças maiores no sistema e em seu visual.

Ativo até 2020

Com isso, temos o início do suporte estendido da Microsoft. Esse é o período em que a empresa passa apenas a trazer correções de falhas e atualizações na segurança do sistema, e que tem duração de cinco anos. Ou seja; você não precisa correr atrás de conseguir uma cópia do Windows 8, pois ainda tem até 14 de janeiro de 2020 para aproveitar o Windows 7.
Além disso, considerando que o Windows 10 está cada vez mais perto de dar as caras, pode ser uma boa ideia esperar mais um pouco antes de trocar o sistema operacional do seu PC…

Fim do suporte

Fim do suporte se refere à data em que a Microsoft deixa de fornecer correções automáticas, atualizações ou assistência técnica online. Esse é o momento de verificar se está instalada a atualização ou o service pack mais recente disponível. Sem o suporte da Microsoft, você não receberá mais as atualizações de segurança que ajudam a proteger o seu computador contra vírus, spyware e outros softwares mal-intencionados que podem roubar suas informações pessoais. Para saber mais, acesse Ciclo de vida do suporte da Microsoft.

Sistemas operacionais de cliente Atualização ou service pack mais recente Fim do suporte base Fim do suporte estendido

Windows XP

14 de abril de 2009

Windows Vista

10 de abril de 2012

11 de abril de 2017

Windows 7 *

13 de janeiro de 2015

14 de janeiro de 2020

Windows 8

9 de janeiro de 2018

10 de janeiro de 2023

Windows 10, lançado em julho de 2015 **

N/A

13 de outubro de 2020

14 de outubro de 2025

* O suporte do Windows 7 RTM sem service packs foi encerrado em 9 de abril de 2013. Para continuar a receber suporte e atualizações, certifique-se de instalar o Windows 7 Service Pack 1.

** As atualizações são cumulativas; cada atualização tem como base todas as atualizações anteriores. Um dispositivo precisa instalar a atualização mais recente para continuar com suporte. As atualizações podem incluir novos recursos, correções (de segurança e/ou não de segurança) ou uma combinação de ambos. Nem todos os recursos em uma atualização funcionam em todos os dispositivos. Um dispositivo poderá não ser capaz de receber atualizações se o respectivo hardware for incompatível, não incluir os drivers atuais ou estiver fora do período de suporte do fabricante de equipamento original (“OEM”). A disponibilidade das atualizações varia de acordo com aspectos como país, região, conectividade de rede, operadora móvel (por exemplo, para dispositivos compatíveis com rede celular) ou recursos de hardware (incluindo, por exemplo, espaço livre em disco).

Fonte: Microsoft

Windows 10 Upgrade

Golpe usa Windows 10 Upgrade como isca para invadir computador

Muito cuidado com os falsos e-mails sobre o Windows 10 Upgrade

O upgrade gratuito para o Windows 10, oferecido pela Microsoft desde a última quarta-feira (29), está sendo utilizado como isca para golpes de hackers. Para atrair vítimas, são enviados e-mails falsos com links para supostas atualizações. Um caso grave que começou na Tailândia e envolve chantagem por dinheiro, com sequestro de dados, foi identificado pela Cisco. Saiba como proteger o seu computador:

https://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2015/08/golpe-usa-upgrade-do-windows-10-como-isca-para-invadir-computador.html

Upgrade do Windows 10