MASTER TRADER BRASIL ON-LINE

Os Principais podcasts de negócios do Brasil falam tudo sobre renda variável.
Neste dia 05 de maio as 14 horas, GAINCAST, Podcast oficial do time de análise técnica do Grupo XP.
Apresentado por Roberto Indech, estrategista-chefe da Clear Corretora, e André Moraes, analista da Rico Investimentos, o programa reúne os melhores especialistas do mercado para falar sobre suas experiências e histórias sobre Bolsa de Valores e seus bastidores.

Liderado por Ana Laura Magalhães, especialista de investimentos da XP e fundadora do canal Explica Ana, o podcast recebe semanalmente um convidado especial para comentar e destrinchar o universo das aplicações financeiras.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site oficial do evento: clearmastertrader.com.br

Desativar a Cortana do Windows 10 e deixar o PC mais rápido

A assistente virtual Cortana é um dos atrativos do Windows 10. Porém, a busca por comandos de voz ainda não é algo que a maioria das pessoas utiliza. Se esse é o seu caso, saiba que há como desativar a Cortana no Windows 10 e garantir um melhor desempenho à sua máquina.

Nesse artigo, vamos mostrar duas maneiras de fazer isso. A primeira, mais simples, é apenas desabilitá-la. A segunda, mais eficiente, é excluí-la até mesmo do registro. Isso fará com que o sistema operacional não utilize nenhum dos seus recursos, resultando até mesmo em um desempenho melhor para o seu PC.

OPÇÃO 1:

Ocultando a Cortana no Windows 10

Se o que você deseja é apenas ocultar a aparição da Cortana no Menu Iniciar, o passo a passo é bem simples.
Passo 01: Abra a caixa de pesquisas da Cortana e clique no ícone de um caderno.

Passo 02: Depois, clique com o botão direito do mouse sobre a barra de ferramentas e, na opção “Cortana”, selecione “Oculto”.


Somente com estes passos vc já deixa o seu PC mais rápido, mas caso queira ser mais radical e remover a execução da Cortana de uma vez por todas a segunda opção é a mais drástica e, para isso, vamos precisar fazer alterações no Registro do Windows. Se você não se sentir seguro de fazer edições como essa, recomendamos que deixe de lado essa alternativa. Afinal, erros nesse processo podem comprometer o funcionamento do sistema operacional.

  • Passo 01: No Menu Iniciar, digite “regedit” na caixa de pesquisas para abrir o Editor de Registro. Em seguida, navegue pelo seguinte caminho de pastas:

HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Policies\Microsoft\Windows\Windows Search

  • Passo 02: Se a pasta Windows Search não existir, você pode criá-la clicando com o botão direito em Windows e selecionando a opção “Novo” e “Chave”.

  • Passo 03: Já na pasta Windows Search, clique com o botão direito do mouse e escolha “Novo” e, depois, selecione a opção “DWORD (32-bit)”.

  • Passo 04: Agora, crie um novo valor com o nome “AllowCortana” (sem aspas) e atribua a ele o valor “0”. Por padrão, esse item é marcado com valor “1” e, por isso, mantém a Cortana habilitada.

Basta reiniciar o computador e pronto. As alterações serão aplicadas somente após o reboot.

Removendo as buscas no Bing

Mesmo com a Cortana desativa, a busca na internet utilizando o Bing permanece ativa, pois essa é uma funcionalidade que, embora esteja integrada à Cortana, é considerada independente. Você também pode desabilitá-la.

  • Passo 01: No Menu Iniciar, digite “regedit” na caixa de pesquisas para abrir o Editor de Registro. Em seguida, navegue pelo seguinte caminho de pastas:

HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Policies\Microsoft\Windows\Windows Search

  • Passo 02: Já na pasta Windows Search, clique com o botão direito do mouse e escolha “Novo” e, depois, selecione a opção “DWORD (32-bit)”.

  • Passo 03: Agora, crie um novo valor com o nome “BingSearchEnabled” (sem aspas) e atribua a ele o valor “0”. Por padrão, esse item é marcado com valor “1” e, por isso, mantém a busca no Bing habilitada.

Por fim, reinicie novamente o computador para aplicar as modificações.

Novamente, ressaltamos: embora esse passo a passo seja bastante simples, alterar informações no registro pode implicar no mau funcionamento do sistema operacional. Se você não se sentir confiante para fazer essas mudanças, deixe-as de lado e prefira que pessoas com mais experiência façam modificações no Editor de Registros do Windows 10.

FTP para Google Drive, Dropbox, OnDrive, SharePoint, Amazon…

Transferir arquivos entre FTP Server e Google Drive ou Dropbox

Mas por que fazer um FTP para estes serviços? Uma das grandes necessidades é a migração de serviço ou a implantação. Com o FTP o conjunto é mais rápido e e seguro ao enviar arquivos.

Bem, a opção mais fácil seria usar um cliente FTP de desktop como Cyberduck (suporta Mac e Windows, grátis) ou Transmissão (apenas Mac, pago). Esses aplicativos de software podem se conectar a todos os serviços populares de armazenamento em nuvem, incluindo Google Drive, OneDrive, Dropbox e Amazon S3. Eles podem executar uma sincronização remota a remota, permitindo transferir arquivos e pastas recursivamente do servidor FTP para qualquer serviço da nuvem e vice-versa.

Minha escolha foi pelo Cyberduck por motivos simples, é gratuito. Poderia optar também pelo FileZilla Pro, que uns dos mais conhecidos, mas o valor de U$ 19,99, não me agradou até por que convertendo hoje (13/08/2019) é equivalente a R$ 79,96.

 

 

G Sync Outlook, e-mails parados na caixa de saída e não envia e-mails

Alguns clientes reclamam que os e-mails ficam parados na caixa de saída e não são enviados, após a ultima atualização do Microsoft Office 365.

Sim realmente existe um incompatibilidade entre o Microsoft Outlook 365 64 Bits e as versões do G Sync 4.0.99. Todos os e-mails ficam paradas na caixa de saida e só dado um alerta ao fechar o aplicativo. A equipe do Google trabalhou rápido e lançou um versão ainda beta de um novo aplicativo do G Sync versão 4.1.25.0 onde corrigi o problema.

[sociallocker]

Agora é fácil a solução acesse o link para download da nova versão em : https://tools.google.com/dlpage/gappssync 

Não remova a versão anterior, faça a nova instalação atualizando sua versão antiga.

Alem de corrigir o problema no novo G Suite Sync para Outlook gora conta com algumas novidades e é chamado de Enterprise Gsync. Uma das principais é você escolher qual agenda deseja sincronizar. O processo é bem fácil, localize o ícone do G Suite Sync do lado do relógio  selecione Select calendar to Sync…

Mesmo que ainda não tenha problemas ao enviar o e-mail a nova versão do G Suite Sync está mais rápida e não apresenta problemas, vale apena fazer a atualização.

[/sociallocker]

 

Controle de usuário UAC confirmação não aparece

Windows 10 – UAC não aparece a confirmação ao tentar executar aplicações como administrador.

1. Na área de trabalho, pressione as teclas Windows + R e digite: shutdown.exe /r /o /t 0, clique em OK > Clique em Solução de Problemas > Opções Avançadas > Configurações de Inicialização > Reiniciar, quando forem apresentadas as opções de inicialização pressione a tecla número 4 ou de função F4, para habilitar o Modo de Segurança;

 

[sociallocker]

2. Em modo seguro (se a função funcionar normalmente), pressione as teclas Windows + Q e digite: CMD, clique sobre ele com o botão direito do mouse e selecione Executar como administrador, cole os comandos e pressione Enter (certifique-se de executar todos os comandos):

net user administrador /active:yes [Enter]

taskkill /im explorer.exe /f [Enter]

secedit /configure /cfg %windir%\inf\defltbase.inf /db defltbase.sdb /verbose [Enter]

REG ADD HKLM\SOFTWARE\Microsoft\Windows\CurrentVersion\Policies\System /V EnableLUA /T REG_DWORD /D 0 /F [Enter]

RD /S /Q “%WinDir%\System32\GroupPolicyUsers” [Enter]

RD /S /Q “%WinDir%\System32\GroupPolicy” [Enter]

gpupdate /force [Enter]

takeown /f  C:\ /r /d y [Enter]
icacls C:\ /grant administradores:F /inheritance:E /T [Enter]
icacls C:\ /grant administrators:F /inheritance:E /T [Enter]
icacls C:\  /grant everyone:F /inheritance:E /T [Enter]
icacls C:\ /grant todos:F /inheritance:E /T [Enter]

takeown /f c: /r [Enter]

SC stop cryptsvc [Enter]

esentutl /p “%systemroot%\System32\catroot2\{F750E6C3-38EE-11D1-85E5-00C04FC295EE}\catdb” [Enter]

SC start cryptsvc [Enter]

SFC /SCANNOW [Enter]

start explorer.exe [Enter]

3. Reinicie o sistema e teste.

Se a falha persistir inicie o sistema em modo seguro novamente e desative o controle de conta de usuário:

1. Na área de trabalho, pressione as teclas Windows + R e digite: control userpasswords e clique em OK;

2. Clique em Alterar configurações de Controle de Conta de Usuário > Deslize o botão para Nunca notificar e clique em OK;

3. Reinicie e teste.

Se esta informação foi útil, por favor, clique em Sim na pergunta Isso resolveu o problema? e marque como resposta, caso contrário, poste novamente.

Espero ter ajudado, até mais! 🙂

[/sociallocker]

Fim da Nextel Brasil – Nextel Brasil anunciou um acordo de venda das suas operações para a mexicana América Móvil, dona da Claro

Nesta segunda-feira, dia 18 de março, a Nextel Brasil anunciou um acordo de venda das suas operações para a mexicana América Móvil, dona da Claro no Brasil. O acordo ainda conta com a aprovação oficial da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), mas, segundo especialistas, tudo indica que também vai acontecer uma migração dos clientes Nextel para a Claro no território nacional.

Com essa migração, falhas temporárias no sinal podem ocorrer, já que, atualmente, a Nextel usa antenas da Vivo. Também é preciso ficar de olho no contrato da operadora e nas condições de serviços prometidas nele.

Direitos do consumidor
Se for comprovada alguma quebra de direito do consumidor e demais legislações, o cliente poderá reclamar primeiro com a própria empresa e, caso não resolva, por meio de denúncia junto á Anatel e o Reclame AQUI. Se mesmo assim, não for solucionado o problema, deve-se procurar a Justiça.

Neste caso, o mais importante é que o consumidor esteja realmente certo que seus direitos foram violados, juntando a maior quantidade de documentos possíveis para formalizar a reclamações.

Segundo Diego Campos, diretor de operações do Reclame AQUI, nada deveria mudar com o acordo. “Durante a vigência do contrato, a Claro tem que honrar com todos os compromissos firmados pela Nextel tais como: valor, serviços e franquia”.

Contudo, existe uma prática permitida pela Anatel que se chama: descontinuidade de plano. “A Claro pode, a seu critério, descontinuar o plano que era oferecido pela Nextel e migrar o cliente para outro plano de forma compulsória”, diz Campos.

A única obrigação da empresa é informar qualquer alteração contratual aos consumidores com prazo de 30 dias de antecedência. O cliente deve estar ciente da mudança e livre do pagamento de multas, caso ele queira cancelar o serviço.

“Ele deve estar atento as comunicações que a Claro fizer em caso de mudanças. Se houver, a empresa, provavelmente, informará por chamada telefônica ou SMS. Se o cliente se sentir insatisfeito com a mudança, ele pode se queixar, mas, principalmente, tem o direito de solicitar portabilidade sem qualquer tipo de ônus para outra operadora, com um plano mais adequado a sua realidade”, ressalta Diego Campos.

Já era previsto

A Nextel insistia iDEN, que já não era mais pratico ou mesmo funcional depois da chegada de tantas novidades. Sem inovar, a Nextel acabou locando antenas de outras operadoras aonde o cutos operacional acabada saindo muito alto e a qualidade baixa, apesar de suas campanhas agressivas de marketing já não vinha apresentando bons resultados, onde resultou em venda a Claro.

Nextel: breve história

A Nextel oferece o planos de rádio no Brasil desde 1997. Nos anos 2000, a empresa fez muito sucesso com o serviço, que utiliza uma rede diferente do celular, chamada iDEN, e permite que os dispositivos se comuniquem por uma tecnologia chamada Push To Talk (PTT). Na prática, o rádio funciona como um walkie-talkie, mas sem o problema com o limite de distância entre os aparelhos.

Além da concorrência com os aplicativos de mensagem, outro problema que pesou na decisão de desligar a rede foi a dificuldade de importar aparelhos. Segundo a empresa, smartphones compatíveis com a tecnologia não são mais fabricados no Brasil e fazer a importação não é mais vantajoso, já que o preço final para o consumidor não ficaria competitivo.

 

Descriptografar o ransomware GandCrab gratuitamente

Temos o prazer de anunciar que, graças à nossa colaboração com a Polícia da Romênia, a Europol e outras agências policiais, conseguimos desenvolver outro novo desencriptador para todas as versões do ransomware GandCrab, lançado em outubro de 2018.

Desde o seu surgimento, o GandCrab causou perdas de centenas de milhões de dólares em todo o globo, tornando-se uma das famílias de ransomware mais prevalescentes do mercado.

Desde o nosso primeiro desencriptador, já conseguimos ajudar cerca de 10.000 vítimas a pouparem mais de 5 milhões de dólares em taxas de desencriptação.

Todos os nossos usuários estão totalmente protegidos contra infecções do GandCrab. Envie esta ferramenta aos seus amigos, familiares ou qualquer pessoa que possa estar em risco!

Mas o ideal é que não seja contaminado, preencha abaixo nosso formulário para fins de estatísticas e receba sua ferramenta da Bit defender.

Até o momento, a BitDefender afirma que já ajudou 30 mil vítimas pelo mundo a recuperar arquivos, salvando cerca de US$ 50 milhões que iriam para os bolsos de cibercriminosos.

“A operação GandCrab foi prolífica o bastante para obter receita suficiente e permitir que seus criadores se aposentassem”, disseram pesquisadores da BitDefender. A empresa ainda nota que, após essa “aposentaria”, o GandCrab simplesmente não entrega mais os arquivos mesmo depois que a vítima realize o pagamento.

Backup da Internet. Como ver versões antigas de sites

Você por acaso já precisou de alguma página que estava publicada no seu site, no seu blog e depois não sabia onde ela estava ou a página já foi excluída e você não consegue recuperar? Pois é, nós já! Principalmente quando fazemos um trabalho de SEO e muitas das vezes nós precisamos descobrir o que aconteceu com o site, ou quais páginas existiam, qual conteúdo que existia ali antes de ser deletado, para conseguir recuperá-lo.

O site Internet Archive Wayback Machine é uma ferramenta online que consegue abrir versões antigas de sites e blogs. O site armazena “snapshots” que contém versões antigas de sites de 1996 até os dias atuais. Se você quer saber como ler notícias de jornais e revistas que já acabaram, encontrar aqueles sites que gostava e que por algum motivo estão fora do ar ou relembrar o passado.

Ferramentas Para Recuperar Páginas Antigas

Existem ferramentas que podem te ajudar a recuperar essas páginas e conteúdos antigos. Conheça as que nós usamos aqui!

Wayback Machine

Nós utilizamos geralmente para essa tarefa, uma ferramenta formidável chamada Wayback Machine, a ferramenta de voltar no tempo. Ela tem, por exemplo, versões antigas até da Mestre, da época que nós eramos Mestre SEO. Ela guarda vários históricos de página e você pode ver quais são os conteúdos que você apresentava em lá atrás.

Isso faz com que você consiga, por exemplo, ressuscitar um post de blog perdido, uma sessão de e-commerce que foi excluída antes de você chegar, ou site que você tinha antigo e lembra que lá tinham vários artigos que você acabou perdendo e não sabe como recuperar. Então, ela uma ótima ferramenta para fazer esse tipo de coisa. A importância de você ter ferramentas como essa é justamente para você conseguir voltar no tempo, descobrir o que existia, entender melhor e, até mesmo, recuperar dados.

Stillio

Outra ferramenta que conhecemos e que motivou esse post é a Stillio. Ela tem o objetivo de te ajudar a fazer monitoramento de páginas, você paga para isso, não é igual o Wayback Machine que é gratuito. Você dá as URLs e determina que toda vez que houver uma mudança a plataforma guarde uma versão. Você pode ligar o alerta também. Isso é importante primeiro para manter o acervo da empresa e segundo para monitorar concorrentes.

Você pode simplesmente monitorar a home de seu concorrente, uma parte de serviço, o blog para saber quando ele publica um novo artigo e tudo mais. E pode, até mesmo, monitorar a página de resultado do Google ou canal de vídeo no YouTube de uma pessoa.

Então, essa ferramenta é muito bacana para que você consiga tirar uma foto de qualquer página na WEB e fazer a comparação. Simplesmente: mudou alguma coisa então eu guardo essa cópia e te envio uma notificação.

Lembrando, você pode criar um arquivo da sua própria empresa ou você pode fazer uma visão de raio-X sobre o que o seu concorrente está mudando. Se ele mudar uma frase a ferramenta vai pegar, se mudar uma imagem vai pegar, se mudar qualquer coisa você vai ficar sabendo.

Page Monitor

Por último, tem uma ferramenta muito legal para o Chrome que faz a mesma coisa que o Stillio, é de graça, mas ele usa o seu Chrome para isso, chamado Page Monitor. Ela é uma extensão do Chrome.

Você instala e, toda vez que tiver uma alteração, ele mostra para você que aquela página foi alterada, só que ela depende da sua conexão com a internet. Então, se você deixar o computador fechado por muito tempo, ela não vai fazer isso automaticamente igual ao Stillio e também não vai criar um acervo para você de tudo.

Mas é legal para monitorar uma parte de resultado do Google, para monitorar o concorrente. Então, o Page Monitor é uma ferramenta muito interessante para o Chrome, simplesmente para você ficar de olho e quando alguma coisa acontecer, ficar sabendo.

Se você conhece outra ferramenta que faz isso de um jeito parecido ou que acha interessante, deixe nos comentários que queremos conhecer também. Esperamos que você tenha gostado. Um abraço!

Windows 10 April Update 2019 – Sistema adotará mudanças no visual e funções mais simples de usar

A Microsoft deve lançar em breve uma atualização do Windows 10 com mudanças no design e algumas novas funções. Rumores sugerem que o sistema chegará em abril com o nome de Windows 10 April Update 2019 e código 1903 trazendo um visual mais sofisticado e melhorias para recursos que já existem: deverá ficar mais fácil executar ações como pesquisar arquivos no PC. Confira, a seguir, oito novidades aguardadas para o software para computador.

1. Busca e Cortana

Uma das principais novas funções do Windows 10 envolve melhorias na ferramenta de busca. Tudo indica que a Microsoft irá fazer da Cortana a busca padrão, possivelmente acelerando o acesso a conteúdo que está armazenado localmente. Na versão testada atualmente por desenvolvedores, um clique no campo de buscas revela uma janela que organiza melhor documentos e outros arquivos do usuário. Em alguma medida, a novidade se parece com o Spotlight, do macOS.

2. Tema claro

Em termos de visual, uma das mudanças esperadas para o Windows 10 é um novo tema claro que altera os tons da interface do sistema. Ao ativar essa opção nas configurações, barras de menu, janelas e outros elementos receberão uma coloração mais suave e que lembra os primeiros vazamentos do Fluent Design. A tela de login também muda, aplicando um efeito de desfoque na foto de fundo. Aparentemente, a nova linguagem de design do software será implementada aos poucos.

3. Menu de configurações

O menu de configurações do Windows deverá ganhar contornos similares aos da conta de usuário no site da Microsoft. Na parte de cima, a janela exibirá nome e foto de perfil, além de atalhos para acessar o OneDrive, celular conectado e atualizações. As páginas internas também ganharão alterações. No menu de armazenamento, por exemplo, a expectativa é que fique mais fácil identificar o que mais consome espaço no HD com um olhar rápido.

4. Desinstalação de apps

A partir da próxima versão do Windows 10, a Microsoft irá permitir desinstalar uma quantidade maior de aplicativos que vêm pré-instalado para liberar espaços. Se antes usuários podiam remover apenas sete apps do pacote de fábrica, a atualização de abril expandirá o limite para outros 10 programas, incluindo Paint 3D, Mail, calculadora e Filmes e Programas de TV.

5. Instalação de fontes

[sociallocker]

Instalar fontes deverá ficar mais fácil no Windows 10 April Update 2019. A partir da próxima atualização, usuários poderão abrir o menu Fonte das configurações e apenas arrastar e soltar um arquivo compactado para executar a importação. Antes, o menu de instalação de fontes permitia obter novas tipografias apenas por meio da loja oficial.

6. Windows Sandbox

Usuários de PC terão uma forma de rodar aplicativos sem o risco de infectar a máquina com vírus. Chamado de Windows Sandbox, o recurso usa tecnologia de virtualização de hardware para abrir apps não confiáveis em um ambiente isolado, evitando que qualquer código malicioso atinja o núcleo do sistema. A função dispensa a criação de uma máquina virtual manualmente para fazer testes de apps com possibilidade de bugs.

7. Print de tela

O aplicativo de print de tela do Windows deverá ganhar mais ferramentas para melhorar capturas no PC. A ideia é que seja possível adicionar bordas às imagens, imprimir rapidamente diretamente do app e personalizar o nome do arquivo. Além disso, o programa poderá permitir salvar prints como jpg ou gif.

8. Design e usabilidade

A Microsoft deverá reservar várias melhorias pontuais para o sistema. Entre elas estão detalhes como novos ícones no menu de energia, uma barra deslizante para facilitar o controle de brilho, app Sticky Notes compatível com o tema escuro, suporte a imagem RAW e um menu de configuração inicial do Windows mais simples.

Dica Importante

Antes de fazer esta Atualização que podemos chamar de grande porte, faça um Backup do seu computador, crie um ponto de restauração, ainda não sabemos quais os problemas podem apresentar na variações de hardware

[/sociallocker]

Promover acessibilidade digital. Audima converte texto em áudio facilmente

Criada por brasileira converte texto em áudio com locução natural e permite navegação mais agradável ao diferenciar palavras de imagens.; a empresa nasceu nos EUA, impulsionada no Vale do Silício (Califórnia)

A tecnologia é aliada das pessoas com deficiência e a evolução de recursos, aplicativos e dispositivos amplia a inclusão digital. Ainda assim, para quem não enxerga, o acesso a conteúdos publicados na internet é prejudicado pela ausência de ferramentas com capacidade de entregar ao usuário experiências mais completas.

Várias soluções disponíveis atualmente suprem as demandas de pessoas em busca de informação, mas muitos desses aplicativos não conseguem diferenciar texto de imagem e, por isso, descrevem partes desnecessárias do conteúdo encontrado, o que pode restringir a compreensão sobre o tema apresentado.

É uma dificuldade constante destacada não apenas por pessoas cegas ou com deficiência visual severa, mas também por quem consegue ver e, ao invés de ler, prefere ouvir.

[sociallocker]

Para tentar transformar essa realidade, a brasileira Paula Pedroza desenvolveu uma ferramenta – o nome é Audima Site externo – com base em inteligência artificial para converter conteúdos escritos em áudio, com leitura natural dos textos – na primeira experiência você chega a pensar que está escutando uma locução gravada – e a capacidade de diferenciar palavras de imagens, o que resulta em uma navegação mais competente e equilibrada, permitindo melhor compreensão do assunto.

“Sempre aprendi melhor com áudio e gosto de fazer várias coisas enquanto escuto algo”, diz Paula Pedroza, fundadora da Audima. “Comecei a prestar mais atenção nisso quando vivenciei o ‘boom’ do audiobook nos Estados Unidos, uma tendência que ganhou força por causa da proposta de libertação dos devices (dispositivos) e do investimento em tecnologia weareble (vestível)” diz a brasileira

“Com essa experiência, eu percebi que a internet não tem uma solução com a mesma qualidade de som do audiobook”, explica Paula. “Comecei a estudar com profundidade esse tema. Descobri que muitas pessoas com deficiência visual não navegam na web por falta de acessibilidade, mas também há outras que estão em um nível muito básico de alfabetização, não conseguem interpretar um texto por meio da leitura, mas estão bem adaptadas ao áudio”, diz a pesquisadora.

As primeiras ideias para criação da ferramenta surgiram em 2016, ainda em Nova Iorque, onde a carioca Paula Pedroza morava na época. Em setembro daquele ano, por meio de aceleração no Vale do Silício (California/EUA), a empresa Audima recebeu aporte de investidores, além de créditos em tecnologia e serviços de empresas como Amazon, IBM, Google e Facebook, o que ampliou sua visibilidade no mercado e aprimorou sua tecnologia. A solução com o nome Audima foi lançada em abril de 2017.

Como funciona

A implementação da Audima é simples, mas precisa ser feita pelos administradores dos websites, que vão escolher o tipo de voz e a posição da ferramenta na página. O leitor precisa apenas apertar o play.

“O potencial de crescimento e a abertura de novos mercados no Brasil e na América Latina nos motivam a incorporar investidores na Audima. Negócios relacionados a startups têm futuro promissor no cenário global”, defende Paula. “O crescimento desse mercado é alavancado pelo desenvolvimento das tecnologias de computação em nuvem, que reduziram custos e aumentaram a capacidade de armazenamento e de processamento de dados”, diz a fundadora da Audima.

A companhia chega ao Brasil de olho no mercado de geradores de conteúdos e websites de notícias. “Está em desenvolvimento um plugin que poderá ser usado no Facebook”, conta Paula.

Empresas interessadas em implementar a Audima em seus websites, testar a solução e, se houver interesse, pedir orçamento para uso da ferramenta, podem fazer download do aplicativo no link audima.co/startnow/

 

[/sociallocker]