Arquivar março 31, 2017

E-mail marketing

Enviar e-mails informando ao seu público acerca das novidades da sua empresa é uma atividade importante para consolidá-la no mercado. Nós oferecemos o serviço de disparo de e-mail marketing com o intuito que você realize interações e torne suas relações mais eficazes, tendo a vantagem de segmentar e enviar ao usuário aquilo que ele deseja saber, sendo possível mensurar a eficiência da sua comunicação.

Melhore a lembrança de marca da sua empresa. Divulgue serviços, promoções, notícias e produtos para pessoas que queiram receber suas mensagens.

A newsletter é um e-mail – com objetivos de marketing – enviado para pessoas que tenham pré-autorizado seu envio. É o famoso e-mail marketing.

Diferentemente da publicidade em geral, onde o público pode não querer receber a mensagem, a newsletter é enviada apenas para pessoas que tenham aceitado o recebimento de e-mails de determinada empresa de livre e espontânea vontade.

E por isso, é uma das ferramentas de marketing online mais efetivas.

Por meio do newsletter, é possível estreitar o relacionamento com clientes e prospects enviando e-mails com promoções, notícias, lançamentos e o que a empresa desejar.

[sociallocker]

A newsletter tanto pode ser esporádica, quanto pontual (mensal, por exemplo). O importante é que faça parte de um planejamento de comunicação online bem desenvolvido.

A newsletter precisa chamar a atenção de seu público. E para isso, ela precisa ter um bom conteúdo e um design diferenciado.
Entenda as diferenças:

email marketing

Campanha de e-mail

Mensagem por correio eletrônico enviada e recebida pela internet que tenha objeto divulgar ou ofertar produtos ou serviços, manter relacionamento com base de destinatário ou, ainda, propiciar atendimento ao cliente, desde que ele tenha autorizado seu recebimento (Opt-in) e que o remetente habilite uma forma simples de cancelamento (Opt-out).

 

email spam

Spam

Mensagem de correio eletrônico enviada em massa, sem relevância, e que tenha por objeto ofertar produtos ou serviços sem ter relacionamento algum com a base de destinatários, inclusive sem que ela tenha autorizado e muito menos possa cancelar envios futuros.

Apesar de possuir inúmeras vantagens, as Campanhas de Email precisam seguir regras e rotinas para que seu retorno e objetivo sejam alcançados.

As campanhas na Start-It Marketing Digital podem ser contratadas sob demanda ou através de um plano de pacotes mensais que obedecerão sempre 4 tipos distintos pela forma do envio, motivo e montagem da peça.

Boas-vindas

Campanha com duplo objetivo, o primeiro seria agradecer os recentes contatos comerciais, e o segundo solicitar seu consentimento para iniciar o relacionamento através deste meio de comunicação.
Criação anual e envio diário (5 dias após o cadastro).

Aniversario

Este modulo objetiva estreitar o relacionamento entre clientes e a empresa, demonstrando a lembrança e o interesse dos gestores neste relacionamento com o envio de um cartão virtua no dia do aniversário de nascimento ou de cadastro.
Criação anual e envio diário.

Promocional

Campanha com o objetivo de promover vendas ou exaltar a marca, enviados a qualquer tempo aproveitando temas especiais como carnaval, dia das mães, natl, ano novo, etc, com a utilização de layouts arrojados e elegantes.

Newsletter

Criação e envio: semanal, quinzenal ou mensal.
O objetivo dessa campanha é a propagação de conhecimento e conteúdos que orbitem a empresa, demonstrando sua expertise e aumentando a relevância com que as campanhas são recebidas por sua audiência.
Criação e envio: semanal, quinzenal ou mensal. Montagem automatizada

Relatórios de e-mail marketing

Um dos maiores benefícios do e-mail é que ele é altamente mensurável, então, depois de enviar as campanhas, você pode oferecer a análise dos resultados. Você pode observar as taxas de abertura, de cliques, quais foram os itens mais clicados e com esses dados montar um plano de ação para melhorar os resultados dos próximos envios.

[/sociallocker]

Os números da indústria de eventos no Brasil mostra crescimento constante

A indústria de eventos no Brasil vai de vento em popa. É o que mostra o relatório elaborado pela Associação Brasileira das Empresas de Eventos (Abeoc) em parceria com o Sebrae.

Segundo o relatório, durante o ano foram realizados 650 mil eventos no país, com um total de 230 milhões de participantes e R$ 240 bilhões em receitas – o equivalente a 4,32% do PIB do país no período. O valor representa também um crescimento de 460% em relação a aos anteriores, utilizado como base no último levantamento equivalente.

A região Sudeste continua sendo o principal polo, abrigando 52% do total de eventos (305,7 mil) e 53% do público (106,2 milhões). O segundo lugar é dividido entre as regiões Nordeste, com 116,3 mil eventos (20% do total); e Sul, com 37,3 milhões de participantes (18% do total).

Em relação aos meios utilizados para divulgação e promoção, a internet definitivamente substituiu os canais tradicionais, os sites e hotsites para eventos foram o principal meio de divulgação e credenciamento de participantes, o que confirma cada vez mais que a tendência no mercado de eventos é que os eventos bem sucedidos fiquem cada vez mais conectados à mídia social para obter sucesso na divulgação. Segundo o relatório, sites (84,4%), redes sociais (66,6%) e e-mail marketing (46,6%) são as três ferramentas mais utilizadas – vale destacar que você deve utilizar ferramentas confiáveis, empresas que garanta um suporte, servidores robustos, para que uma inovação não se torne um transtorno . O mobile aparece na 12º posição, com 7,9% de participação e deve crescer nos próximos anos.

No total, estima-se que a indústria de eventos gere cerca de 7,5 milhões de empregos direta e indiretamente. Para chegar aos números, o relatório consultou 60 mil empresas do segmento. Para facilitar a compreensão elaboramos um infográfico. Já o relatório completo pode ser acessado no site da Abeoc.

[sociallocker]

Infográfico Mercado de Agência de Eventos

[/sociallocker]

Fim do programa gratuito de emissão de nota fiscal eletrônica – Sefaz-SP

Sefaz-SP anuncia o fim dos emissores gratuitos de NF-e e CT-e, fornecido pela Secretaria da Fazenda de São Paulo para contribuintes.

Segundo a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (SEFAZ-SP), responsável pelo desenvolvimento e suporte do Programa Emissor Gratuito de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CTe) e também responsável pelo Programa Emissor Gratuito de Nota Fiscal Eletrônica (NFe), em âmbito nacional, estes programas serão descontinuados em 01/01/2017.

E agora, já que o emissor grátis será descontinuado ?

Com o fim dos emissores grátis de CTe e NFe fornecidos pelo governo, as empresas que ainda estão se utilizando deles para emitir suas Notas Fiscais Eletrônicas (NFe), Conhecimentos de Transporte Eletrônicos (CTe), Manifestos Eletrônicos de Documentos Fiscais (MDFe) e Cartas de Correção Eletrônica (CC-e) terão de buscar no mercado um novo sistema para atender a sua necessidade.

Uma vantagem da utilização de um outro Sistema para Emissão de CT-e, MDF-e, CC-e e MDF-e é que os sistemas comerciais costumam ir além da simples emissão dos documentos fiscais, e incorporam funções de controle e gestão, afim de auxiliar o empresário no dia-a-dia, evitando erros, agilizando a emissão e as operações e dando maior visão sobre seus resultados.

Outro ponto importante a ser destacado no caso das soluções comerciais para emissão de CTe, MDFe e NFe como o Emissor NFe NI Fiscal é que estas oferecem Suporte Técnico tanto na implantação como no dia-a-dia dos seus clientes.

Prepare-se para o fim do Emissor Gratuito de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CTe) e Nota Fiscal Eletrônica (NFe) da SEFAZ em 01/01/2017

Entre em contato para maiores informações:

(11) 2626-3906 São Paulo
(21) 3005-9238 Rio de Janeiro

[huge_it_forms id=”1″]

Fonte: SEFAZ-SP Notícias

 

Memes: amá-los ou odiá-los?

Os memes são tão famosos que quase não é preciso explicar. Mas, resumidamente, tem uma enorme capacidade de replicar informação e viralizar na web por meio de vídeos, imagens ou gifs.

Só que diferente de qualquer outro vídeo, imagem ou gif que faz sucesso nas redes sociais, o meme reflete uma ideia ou um conceito, e geralmente com bom humor.

[sociallocker]

A vida útil dificilmente passa de duas semanas, e todos os dias centenas nascem e morrem. Mas, há os memes que se transformam, e dão origem a diversas variações por meio da interação com outras pessoas e contextos.

Um exemplo em 2016 foi o gatinho do Thug Life, que emprestou seus óculos de sol e música para dezenas de outros personagens, desde os mais comuns com cenas do cotidiano até debates políticos de candidatos.

Os memes são realmente a prova de que a tecnologia revolucionou as formas de comunicação, e as agências ficam ligadas nessa tendência para aproveitá-los em campanhas publicitárias e de marketing digital.

Como surgem os memes?

O start é geralmente em sites de fóruns e nas redes sociais, e qualquer pessoa com criatividade, habilidades básicas de comunicação e um pouco de tempo livre pode criá-los.

Exemplos de tecnologias e aplicativos para desenvolver as peças são: Pext, Best Meme Generator by Memeful, o Meme Generator Free, o Meme Generator by MemeCrunch e o Aviary Photo Editor.

Para uma boa comunicação, não há preocupação com estética das peças e a interação é uma ferramenta chave. Os temas mais recorrentes derivam de um acontecimento específico ou envolvem situações totalmente banais, que retratam o dia-a-dia de forma cômica e satírica.

Memes famosos

Para se inspirar, vamos ver quais os memes que fizeram história em 2016:

O garotinho do “você tem que amadurecer” bombou nas redes sociais no final do ano e gerou muitas adaptações com base no original.

O John Travolta confuso, em cena retirada do filme Pulp Fiction, também marcou presença no WhatsApp e nas redes sociais e deu origem a muitas mutações.

Apesar de um ano difícil para a política e a economia do Brasil, não faltou bom-humor para falar da operação lava jato.

Quem não lembra de memes com o japonês da federal, com o Anthony Garotinho e brincando com o apego de Eduardo Cunha ao Congresso?

Também dominaram os meios de comunicação os memes da Glória Maria fumando maconha na Jamaica para gravar o Globo Repórter. A participação da Glória Pires durante a cerimônia do Oscar e as imagens da Bela Gil sugerindo trocar uma coisa por outra.

Nosso país é definitivamente composto por pessoas criativas e bem humoradas, que parecem estar a postos para quaisquer deslizes.

Hoje, qualquer assunto, post ou momento pode virar um meme, então tome cuidado, todos podemos ser os próximos protagonistas! E você ama ou odeia esta nova modalidade de humor?

[/sociallocker]