Arquivar maio 29, 2017

Porque criar um aplicativo para eventos

Há uma nova geração que usam o celular quase exclusivamente para tudo: contatos, consultas de pesquisa e compras.
Como você vai atender esses clientes de telefonia móvel? Com um site móvel ou um aplicativo móvel? Isso não deve ser a pergunta: você precisa urgentemente de ambos.

Seu primeiro passo para se tornar móvel deve ser um site adaptado para celular ou até mesmo um site responsivo, porque só um site irá mantê-lo no Google Search Engine Result Pages (SERP). Google quer ver mais sites com adaptação móvel e irá apresentar esses sites mais elevados nas suas páginas de resultados a partir de abril de 2015. E você não quer perder os sempre crescentes volumes de busca móvel, não é?

Mas para atender o cliente móvel exigente? Um site responsivo só não vai servir. Você também precisa de um aplicativo. 

Por que você precisa de um aplicativo móvel?

Porque os usuários de aplicativos provaram ser os clientes mais valiosos. Se um site responsivo irá mantê-lo no SERP de Google, os aplicativos móveis são o canal preferido de clientes de retorno ou visitantes freqüentes. De acordo com uma pesquisa da Nuance Communications *, 1 em 3 pessoas dizem que vão mesmo usar seu telefone móvel no interior de uma loja para encontrar a informação, em vez de perguntar a um empregado.

O que seria mais fácil para esses clientes? Abrir um navegador, esperar por conexão, digitar a url e navegar através de um site? Ou simplesmente tocar para abrir o aplicativo e encontrar tudo que você precisa, na ponta dos dedos?

Aplicativos móveis oferecem mais envolvimento

Se você está no varejo, tem um restaurante ou está planejando um evento de negócios, aplicativos móveis são mais rápidos, oferecem mais envolvimento e dão ao usuário uma experiência muito melhor do que sites móveis. Aplicativos móveis são freqüentemente usados por clientes de retorno e, portanto, se encaixam em sua estratégia de retenção. Se você costuma visitar um restaurante, reservar uma mesa é muito mais fácil com um aplicativo móvel.

Inovação você esta fazendo parte dela?

As pessoas ainda vão avaliar você mais alto com um aplicativo móvel. De acordo com a pesquisa da Nuance Communications “a maioria dos usuários de smartphones (72 por cento) disse que eles têm uma visão mais positiva de uma empresa, se eles usam o aplicativo móvel da empresa. Esses usuários também vão divulgar essa experiência: oitenta e um por cento diz contar aos outros sobre uma experiência positiva com um aplicativo.

Benefícios de aplicativos móveis sobre websites

  • Melhor experiência do usuário
  • Funções específicas móveis (click-to-call, GPS)
  • Mais envolvimento com os clientes
  • Melhor estratégia de retenção
  • Aumentar a satisfação do cliente
  • Integrar as mídias sociais em um só lugar

Orientações gerais para a instalação de aplicativos empresariais personalizados no iOS

Instalar app fora da Apple Store

Siga estas orientações gerais de segurança para instalar aplicativos personalizados, criados para sua organização.

 As organizações podem usar Programa de Desenvolvedor da Apple para Empresas para criar aplicativos empresariais próprios para dispositivos iOS e distribuí-los aos funcionários para uso interno. Antes que um desses aplicativos possa ser aberto, ele deverá ser confiável.

A confiança será estabelecida automaticamente se o aplicativo for instalado pelo Gerenciamento de Dispositivos Móveis (MDM). Caso instale um aplicativo manualmente, você também deve estabelecer a confiança de maneira manual, conforme descrito abaixo.

A Apple recomenda o uso de uma solução MDM para distribuir os aplicativos, pois é segura e não exige interação do usuário. Os usuários também podem instalar esses aplicativos personalizados a partir de um site seguro operado pela sua organização. Caso você não instale um aplicativo a partir da sua organização, saiba que a melhor maneira de proteger o iPhone, o iPad ou o iPod touch é fazer download dos aplicativos e instalá-los somente por meio da App Store da Apple.

Instalação manual e confiança em um aplicativo empresarial

Ao abrir pela primeira vez um aplicativo empresarial que você instalou manualmente, será exibida uma notificação no seu dispositivo de que o desenvolvedor do aplicativo não é confiável. Você poderá ignorar essa mensagem, mas não poderá abrir o aplicativo.

[sociallocker]

Depois de ignorar a mensagem, você poderá estabelecer confiança para o desenvolvedor desse aplicativo. Toque em Ajustes > Geral > Perfis ou Perfis e Gerenciamento de Dispositivo. Você verá então um perfil do desenvolvedor no cabeçalho “Aplicativo Empresarial”.

Toque no perfil para estabelecer confiança nesse desenvolvedor.

Você será solicitado a confirmar sua escolha. Após confiar no perfil, você poderá instalar de maneira manual outros aplicativos do mesmo desenvolvedor e abri-los imediatamente. Esse desenvolvedor permanecerá confiável até você usar o botão Apagar Aplicativo para remover todos os aplicativos do desenvolvedor.

É necessária uma conexão com a internet para verificar o certificado do desenvolvedor do aplicativo ao estabelecer a confiança. Caso você esteja protegido por um firewall, verifique se ele está configurado para permitir conexões com https://ppq.apple.com. Se você não estiver conectado à internet ao confiar no aplicativo, o dispositivo exibirá “Não Verificado”. Para usar o aplicativo, será necessário se conectar à internet e tocar no botão Verificar Aplicativo.

As informações sobre produtos não fabricados pela Apple, ou sites independentes não controlados nem testados pela Apple, são fornecidas sem recomendação ou endosso. A Apple não assume responsabilidade alguma com relação à escolha, ao desempenho ou ao uso de sites ou produtos de terceiros. A Apple não garante a precisão nem a confiabilidade de sites de terceiros. Os riscos são inerentes ao uso da internet. Entre em contato com o fornecedor para obter mais informações. Nomes de outras empresas e produtos podem ser marcas registradas de seus respectivos proprietários.
[/sociallocker]

Veja empresas e órgãos públicos que tiraram sites do ar após ciberataque

Ao menos mais 74 países, incluindo o Brasil, tiveram empresas e usuários de internet alvos de uma série de ciberataques em “larga escala”, segundo a empresa de segurança russa Kaspersky Lab. Os ataques afetaram hospitais públicos na Inglaterra e levaram a cancelamentos de atendimentos e redirecionamento de ambulâncias.
SAIBA MAIS: Ciberataques atacaram ao menos 74 países
No Brasil, os ciberataques fizeram com que sites do Ministério Público e do Tribunal de Justiça saíssem do ar nesta sexta. O TJ admitiu que computadores foram infectados, o que motivou o desligamento de todas as máquinas da instituição.

Sistemas de internet do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Ceará e em Brasília foram desligados após suspeita de invasão. A Petrobras também adotou medidas preventivas para “garantir a integridade da rede e seus dados”.

O site do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte também foi retirado do ar. Segundo as instituições, as decisões foram tomadas por precaução e não há informações de ataques no Rio Grande do Norte.

Veja empresas e órgãos públicos que tiraram sites do ar:

Petrobras
Instituto Nacional do Seguro Social em todo o Brasil
Ministério das Relações Exteriores
Tribunal da Justiça de São Paulo
Ministério Público de São Paulo

Fonte: G1, Kaspersky Lab

Ataque com ransomware está sequestrando arquivos de empresas ao redor do mundo

O ransomware WannaCry está sendo utilizado em um ataque massivo a computadores de grandes companhias ao redor do mundo nesta sexta-feira (12). A Telefónica, maior empresa de telecomunicações da Espanha e dona da Vivo no Brasil, é uma das principais afetadas. Criminosos criptografaram os arquivos da operadora e estão pedindo um resgate em bitcoins, que pode passar do equivalente a 500 mil euros.

A praga se aproveita de uma vulnerabilidade no Windows que permite executar código remotamente por meio do SMB, protocolo de compartilhamento de arquivos. Quando uma máquina é afetada, o ransomware pode se espalhar rapidamente para todos os computadores vulneráveis da rede.

A falha estava presente em todos os Windows desde o Vista, incluindo as versões para servidores. A Microsoft liberou uma correção no dia 14 de março, mas, pelo visto, poucas máquinas foram atualizadas: fontes da Telefónica afirmam ao jornal El Mundoque cerca de 85% dos computadores da operadora foram infectados com o ransomware.

No mundo

O número de empresas que estão sendo atacadas pelo WannaCry é desconhecido, mas significativo. A Avast afirmou à Forbes que detectou mais de 36 mil ataques no dia de hoje. A Kaspersky diz que o WannaCry já foi visto em 45 mil computadores de 74 países. A BBC informa que houve ataques no Reino Unido, Estados Unidos, China, Rússia, Espanha, Itália, Vietnã, Taiwan e outros países.

A Reuters afirma ainda que a companhia de energia espanhola Iberdrola e a Gas Natural foram atacadas pelo ransomware. A Vodafone da Espanha também teria pedido aos funcionários que desligassem seus computadores ou desconectassem suas máquinas da rede caso tivessem seus arquivos comprometidos, como forma de evitar o espalhamento do malware.

Ainda na manhã de hoje, os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido enfrentaram “sérios problemas de TI”, o que derrubou os sistemas e o atendimento telefônico do órgão público de saúde britânico. Momentos depois, o NHS disse em comunicado oficial acreditar que foi infectado pelo WannaCry.

Telões vermelhos na Telefónica revelam que os criminosos exigem o pagamento do resgate até o próximo sábado (15), sob pena de aumento do valor. Caso a empresa ainda assim não pague o montante, os arquivos serão deletados no dia 19 de maio.

Eles pedem US$ 300 por computador afetado, em forma de bitcoins, o que resultaria em um montante de 509.487 euros (R$ 1,72 milhão) no caso da Telefónica. Oficialmente, a empresa diz que detectou um “incidente de cibersegurança” e que está trabalhando para resolver o problema.

No Brasil

Fontes contam ao Tecnoblog que uma empresa de call center teve suas máquinas atacadas, prejudicando o atendimento aos clientes. Além disso, uma multinacional de consultoria pediu aos funcionários de todo o mundo que desligassem seus computadores até segunda ordem, o que interrompeu a operação da companhia, inclusive no Brasil.

De acordo com a BandNews FM, os funcionários da Vivo estão sem trabalhar desde às 9 horas da manhã. Um funcionário da operadora confirmou a paralisação ao Tecnoblog.

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) enviou e-mail aos funcionários solicitando que todos os computadores fossem desligados imediatamente.

Veja a mensagem:

“URGENTE: CTIC ORIENTA DESLIGAMENTO IMEDIATO DOS COMPUTADORES DO MPSP DEVIDO AO ATAQUE MUNDIAL AOS SISTEMAS

O CTIC Central do Processo Digital avisa que diante do ataque mundial aos sistemas informatizados que está ocorrendo neste momento, solicitamos a todos os usuários do MPSP que desliguem todos os computadores imediatamente.

O incidente afetou a rede do TJSP e se espalhou pela rede Intragov do governo do estado. O MPSP está avaliando se houve comprometimento a segurança de sua rede.

Novas orientações serão enviadas oportunamente. Mais informações podem ser obtidas nos telefones (11) 3119″

telefonica-espanha-ransomware

A Petrobras também pediu aos funcionários, verbalmente, que desligassem seus PCs, relata um leitor.

Modelo. Os ataques na Europa foram do tipo ransomware. Neste tipo, o equipamento é feito como “refém”. Assim, ele é inutilizado até que um resgate seja pago pela empresa responsável. No caso do ataque desta sexta-feira, os criminosos virtuais exigem pagamento em bitcoin e que aumenta de valor a cada hora.

História em desenvolvimento. Este post será atualizado.

Fonte: UOL, Folha, Tecnoblog, Globo

7 razões para criar um app para o seu evento ou viagem de incentivo

Hoje em dia grandes marcas e empresas já têm um app. E você já pensou em investir em um aplicativo para o seu evento ou viagem de incentivo?

Há alguns anos, aplicativos para smartphones era algo impensável para pequenos e médios eventos, mas com a Start-It Aplicativos essa realidade mudou drasticamente. Não importa se a seu evento é pequeno, médio ou grande, ou se o seu orçamento é baixo ou alto. Hoje em dia as possibilidades de criar um canal digital para se comunicar com o seu cliente e consumidor são infinitas. Além disso, o aplicativo trará mais, agilidade, lealdade e crescimento nas suas vendas.

Você sabia que no Brasil o usuário de smartphone tem em média 30 aplicativos instalados? 30 apps de milhões que existem. Este dado mostra que se você desenvolver um app do seu evento e o seu cliente instalar no celular, acredite, o seu negócio, a sua marca e o valor que você entrega são cruciais para ele.

Mas eu já tenho um hotsite, será que preciso de um app? Sim, sim e sim!

Neste post vamos mostrar como você pode criar um app e montar uma estratégia de marketing igual ao do Burger King, mas com um gasto 25 vezes menor! Abaixo citaremos 7 razões para você criar um app para o seu evento:

# 1 – Mobile é o canal mais utilizado

Olhe a sua volta. Quantas pessoas estão usando um smartphone? Pois é, o crescimento do mercado mobile no Brasil é de cerca de 60% ao ano. Além disso, o consumidor brasileiro fica, em média, 8 horas por dia conectado em seu smartphone e a maior parte é acessando aplicativos. Estes dados mostram que o mobile cresce constantemente e criar um app para o seu negócio é o melhor investimento que você fará daqui pra frente, até porque pesquisas recentes da Gartner preveem que o mercado de aplicativos chegue a US$77 bilhões agora em 2017. E a sua empresa não pode ficar de fora desse mercado, não é mesmo?

# 2 – Aproximar os clientes

Os aplicativos permitem que os clientes fiquem mais próximos das empresas, pois eles podem acessar às informações a qualquer hora, de qualquer lugar. Além disso, o cliente sempre tem razão e hoje em dia é muito comum ver a satisfação, ou não, dos usuários nas redes sociais, utilizando cada vez mais sites para reclamar ou elogiar. E a imagem do seu negócio na internet e nos meios digitais depende exclusivamente dos seus clientes, pois é através deles que a sua marca vai conseguir crescer e se aproximar ainda mais.

# 3 – Aumentar a fidelidade e lealdade

Já pensou que toda vez que o seu cliente destravar a tela inicial do celular a sua marca estará estampada na frente dele? Fidelizar um cliente é uma tarefa bem difícil que exige muito esforço e dedicação, pois cada vez mais as empresas estão disputando a atenção de seus consumidores para tentar deixá-los mais leais, uma vez que o seu produto precisa ter um diferencial para ele preferir o seu e não o do seu concorrente. Uma forma de fidelizar o seu cliente é oferecer para ele promoções, pois certamente o preço é um fator bem importante e conta na hora da decisão em escolher a sua marca ou a da outra empresa.

Além disso, a rapidez e simplicidade em ter as informações na palma da mão fazem você optar mais uma vez por criar um app. Não deixe de usar o recurso de notificações push, que irá chamar a atenção do usuário e trará ele de volta ao app.

# 4 – App o diferencial do seu evento

Para que a viralização ocorre de modo eficaz, é essencial destacar o diferencial do seu evento em suas campanhas de divulgação. Assim, os usuários serão conquistados mais facilmente. Caso um evento esteja ligado com o lançamento de uma nova tecnologia, por exemplo, não deixe de incluir essa informação em todos os materiais divulgados na internet. Desse modo, os internautas terão vontade de ir ao evento devido a esse diferencial;

# 5 – Melhorar a sua imagem como empresa

A imagem da sua empresa é o carro-chefe para o sucesso. Ela pode impactar diretamente nas suas vendas, no seu relacionamento com o seu cliente e com os seus colaboradores. O seu negócio estar inserido no meio digital, que hoje é o meio que todas as pessoas estão inseridas e têm acesso, é uma forma de melhorar a imagem da sua empresa, e se você criar um app para o seu evento, certamente o seu sucesso vai ser garantido, os seus clientes vão olhar a sua marca com outros olhos e ela estará inserida no meio mais promissor dos últimos tempos, que é o mobile.

# 6 – Ter um diferencial perante à concorrência

Tentar fidelizar um cliente e aproximar os seus consumidores está totalmente ligado aos seus concorrentes, pois, se você não tiver um diferencial, o seu cliente vai ser atraído por outra marca e assim você pode perdê-lo para sempre. O diferencial do seu produto e da sua marca é que fazem você se destacar e conseguir aquele cliente que o seu concorrente tanto deseja. E pode ter certeza que um diferencial muito importante hoje em dia é um aplicativo do seu negócio. O seu cliente vai se sentir muito mais próximo da sua marca e vai poder ter um relacionamento muito mais duradouro, além de te enxergar como uma empresa inovadora.

# 7 – Conhecer mais o perfil do seu cliente

Através de um app você pode conhecer ainda mais o seu cliente, entender os gostos dele, saber o que mais o atrai em relação à sua marca. Com outras ações de marketing interligadas diretamente ao aplicativo, você pode obter uma base de cliente muito maior e com um potencial de alcance enorme, conseguindo enxergar o que os consumidores esperam da sua marca e o que você pode proporcionar para eles através de uma experiência de usuário. Além de obter um crescimento constante para o seu negócio.

Outra funcionalidade interessante seria o Google Analytics, pois através dela você consegue saber o perfil do seu cliente, quais são os conteúdos mais acessados, as abas mais visitadas, entre outras coisas.

Então, não perca tempo! Crie agora mesmo um app na Start-It Tecnologia para seu evento e entre para o mercado mobile o quanto antes! A visibilidade da sua marca vai ficar ainda maior e o seu custo para criar um app aqui é muito mais barato. Invista em marketing digital, faça a sua marca crescer ainda mais e por um valor justo!

Entre em contato: 11 2626-3906 São Paulo ou 21 3005-9238 Rio de Janeiro

Clique aqui e baixe uma versão para Android de demostração.

Clique aqui e baixe uma versão para iOS (Apple) de demostração.

Se preferir, CLIQUE AQUI   e navegue em nosso simulador de celular.

[huge_it_forms id=”1″]